O INFERNO DE KEPLER

Vamos supor que, daqui há algumas décadas, possamos finalmente viajar pelo espaço e visitar alguns planetas. Podemos então, talvez até encontrar algum que possa sustentar alguma vida como o descoberto recentemente pela NASA, o tal Kepler 452b.

Digamos que exista vida nesse planeta rochoso e com possibilidades interessantes como mais uma opção para vivermos em paz.  Sim, mas e se já houver uma forma de vida inteligente nesse planeta? Ou em outros que nos interesse?  E se essa forma de vida inteligente encontrada estiver em um estágio evolutivo comparada a nossa triste Idade Média?  O que faríamos?

Será que iriamos interferir ou até interagir com eles?  Com qual propósito?

Levar as "verdades religiosas"?   Dar-lhes o conhecimento da nossa tecnologia contemporânea?  enfim, o que faríamos?

Conhecendo nossas realidades, com certeza posso dizer que perderíamos esse medo de ETs e simplesmente iríamos escravizar o povo que lá vivesse em nome do nosso progresso assim como fizemos durante toda a história terrestre da civilização.  Iriamos nos apropriar de suas riquezas, de sua mão de obra, enfim, só nos contentaríamos com o que considerássemos bom para nós e, controlaríamos toda a vida planetária deles transformando tudo num Inferno de Kepler.

Não adianta pensar que haveriam de ter respeito ou qualquer outra contemplação sobre o direito desse povo em seguir suas existências particulares.  Se houvesse mesmo qualquer tipo de confraternização inicial, com certeza os espíritos da ganância iriam crescer mais cedo ou mais tarde, e transformariam o Planeta numa verdadeira fonte de recursos facilmente "tomáveis" culminando com todas aquelas misérias resultantes desses encontros civilizatórios.

Mas e se a espécie que vivesse naquele orbe fosse mais evoluída que a nossa?  Também, com certeza, mesmo que fossem amistosos, já iríamos nos preparar aqui para nos defendermos de qualquer possível invasão....sim, iríamos medir eles de acordo com nossa moral e os nossos costumes.  Mesmo sendo pacíficos, não há como não nos prepararmos em sempre justificadas defesas de nosso mundo.

É complicado isso não é mesmo?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

COELHOS NA PISCINA

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS