BÚSSOLA QUEBRADA

Lembro-me de quando comecei a participar na área de comentários de alguns blogs alguns anos atrás e, dessa forma, fiz muitas amizades, algumas delas até pessoalmente logo depois em eventos programados. Lembro também que, nessa época,  evitava discutir assuntos sobre política e futebol por serem muito passionais.  Porém, o país acabava de eleger um operário simples ao poder máximo da nação.  O clima era de festa e eu achava tudo muito agradável até.  O país começou a se modificar em algumas coisas, era um tal de oba-oba desenfreado.  A festa foi durando, não acabava e então, começaram a ultrapassar alguns limites causando em mim já, uma estranheza profunda.

Ao invés de aproveitarem o momento favorável, com todos os índices econômicos em franca ascensão, utilizavam o tempo e o dinheiro para investir em agressões ao governo anterior.  É lógico que, quando alguém é excessivamente atacado de forma gratuita, causa uma certa comoção naqueles que não comungam cegamente desse oba-oba infinito.  Começa a causar essa estranheza e consequentemente os inevitáveis questionamentos.   Lula no poder, berrava suado contra as tais "elites" contra os "brancos de olhos azuis",  enfim, começava ali a tentar a sua "divisão brasileira" só pelo fato de articular mudanças populistas.  Com muita festa, maquiagens, comoções, e pirotecnia, insistiu em ser o mito... aquele predestinado a ser o "escolhido salvador do Brasil" !

Tanta prepotência se transformou também em arrogância que, por sua vez, descambou para uma crença forçada de que nada de bom existia antes, e que tudo de bom passou a existir com a ascensão de um operário ao poder.   O país passou a se dividir entre anjos e demônios.  O PT assim, assumiu e investiu em todos os lados, ocupou todas as fissuras institucionais que pode e se aboletou de vez no poder achando-se completamente inatingível.

O povo, muitas vezes, não perdoa os excessos de arrogância e prepotência.  Mas até aceita desde que esteja com suas vontades satisfeitas momentaneamente.  Como o brasileiro se contenta com muito pouco, basta adicionar esse efeito barato junto à propaganda mais cara e está feita a cama, a mesa, e o banho para se estabelecer na política.

A partir de certo ponto, eu começava a questionar, a cobrar, a criticar com mais veemência e então todos os petistas se sentiam incomodados, alguns me acusando de tucano, como se, com isso, me ofendessem, já os tucanos me chamando de petista já que também cobrava em outros blogs da mesma forma.

Hoje em dia, não posso dizer que estou em algum lado, até porque nunca estive, apenas sei que mesmo defendendo o PT esporadicamente diante de algum ataque exagerado, passei a ser agora o atacante.   O que eu estranhava a princípio, agora me vem a certeza.  Esse partido pode até ter tido em algum momento de sua história, pessoas com alguma ideologia verdadeira, mas hoje em dia, tudo isso se acabou.

A forma como defendeu e ainda defende ditaduras sanguinárias,  como tergiversa diante de acusações sérias apelando  para o que todos também fazem, assumindo assim a culpa, ou apelando à conveniente vitimização buscando assim, amparo na comoção.  A quantidade de crimes que brotam feito ratos descobertos numa ninhada e que apenas culpam a mídia como responsável, enfim, não sabem mais para onde correr nem o que dizer que não seja que estão sendo vitimizados e perseguidos por cruéis algozes aos quais nunca identificam diretamente.

Fazem alianças absurdas contrariando todo o histórico idealista do partido em função de misérias que agasalham como verdadeiros tesouros.  Mentem descaradamente sem se preocuparem mais em esconder...tudo passou a ser aberto, como fizeram nas últimas eleições enganando completamente a população.

Isso tudo, aliado a péssima maneira de administrar, é que levaram o país a esse caos econômico, político, e de valores completamente desorganizados.

A bússola quebrou definitivamente.  Não sabemos mais quais valores devemos alimentar.  A safadeza foi tamanha que instituiu no país tudo de ruim em todos os termos.

Os governos ditos de esquerda, provam mais uma vez, a sua incompetência em gerenciar, claramente demonstrada nos países da América Latina que se encontram sob seu jugo.  O pior de tudo, não é somente encontrar e desalojar os ratos, é preciso ter consciência do estrago que eles deixam.  Por sorte, (muita), algumas instituições não foram totalmente contaminadas e agora acordam para iniciar o combate à praga.  Na verdade a praga sempre existiu, mas nunca atingiu tamanha infestação e nível de corrosão como dessa vez.

Não, eu não tenho ódio no coração contra nada nem ninguém, o que sinto por eles é pena, a mesma pena que sinto quando vejo uma enorme ninhada de ratos sendo descobertos. Pena por eles terem nascido assim, como ratos.  Mamíferos roedores até que alguns bonitinhos, mas com potencial destrutivo incomensurável.

Nos últimos tempos, a cada pedra retirada, a cada tábua levantada, acaba por mostrar o que verdadeiramente contém em seus  intestinos.

...tal qual essa cena...


esses também...adoram os pobres...


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

COELHOS NA PISCINA

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS