CAMPO MINADO

Já dizia o ditado..."em casa que falta pão, todos brigam e ninguém tem razão"...!    Continuamos caminhando para a escassez desse pão, simbolizado pelo entendimento, já que parece que todos se unem contra todos.  O Brasil parece ter se tornado um agrupamento de tribos diversas que se digladiam entre si.

O PT deixou um terreno podre e estéril durante sua passagem, dividiu o país no tal "nós contra eles", transformou em demônios e inimigos quem não compactuava com suas idéias, mas também deixou um solo fértil  para se desenvolverem as sementes dos desacordos e conflitos.

Vejo agora que o MPF está em conflito declarado com o Congresso por conta da aprovação da lei que inclui os juristas como potencialmente imputáveis.  Ainda há um longo caminho que segue pelo Senado e depois para a Presidência, chegando finalmente ao STF.

É o caminho democrático, no entanto, dizem que, se for aprovada essa lei, irão abandonar seus postos.
A operação Lava Jato corre o risco de simplesmente ser abandonada?   Parece birra daqueles moleques chorões e mimados.   Talvez o povo esteja mimando demais a tal Lava Jato.  Essa operação é necessária sim, sou completamente a favor dela e um entusiasta, só que, existem mesmo limites que começam a ser desrespeitados.   Existem exageros sendo cometidos e uma lei para conter esses exageros é perfeitamente aceitável.  Os integrantes que alimentam a máquina dessa operação, parece que se sentem com poderes absolutos devido ao apoio quase maciço da população.

Sim...queremos ver os corruptos e corruptores todos pagando por seus crimes independente de siglas partidárias.  Mas não ao preço de se verem desrespeitadas as leis.

Enquanto essas brigas pelo poder em todas as esferas continuam, enquanto apenas os interesses particulares, sejam eles de autopreservação ou busca por mais poder continuarem nos bastidores, enquanto pequenos grupos ou grandes massas servirem unicamente como argumento de manobra, nossa economia vai definhando, nossa produtividade vai caindo, e a criminalidade só aumentando.

Temos que aprender a conter os ânimos e procurar saber a que interesses, e a quem estamos servindo quando protestamos. ou reivindicamos melhorias.

Do contrário, só teremos pioras em todos os quadros, o recrudescimento dos conflitos e consequentemente um país dissolvido.






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

COELHOS NA PISCINA

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS